Por que a lousa do quintal da minha vó?

Meus avós paternos moravam em Pindamonhangaba.  Em uma casinha simples, no centro da cidade, número 280, pintada toda de verde, com uma varanda na frente, um quintal atrás e um corredor comprido que ligava os dois extremos da casa.  As janelas dos quartos davam para este corredor estreito e cheio de vasos com espadas-de-São-Jorge e babosa espalhados no chão de cimento áspero.

Eu passava todas as minhas férias escolares lá, na casa da minha vó.  E era no quintal da minha vó que eu jogava queimada, andava de bicicleta e patins, brincava de amarelinha, tomava banho de esguicho e escrevia.  Sim, desde quando aprendi a ler e escrever, me lembro que pendurava a minha lousa – que era bem pequena, devia ter uns 50×50 cm – em uma das paredes verdes do quintal, e passava tardes inteiras escrevendo e apagando, escrevendo e apagando, escrevendo e apagando.

Foi assim que começou a minha “mania” de escrever.  Depois da lousa do quintal da minha vó, foram os cadernos, as agendas, mais tarde os moleskines, e agora este blog.  Ainda tenho alguns papéis guardados com textos antigos, mas tudo o que foi escrito e apagado naquela lousa ficou no passado.  Eram ideias, pensamentos e histórias de uma criança que estava começando a descobrir as palavras e a vida.  Queria poder voltar um minuto no tempo para ler pelo menos um pouco do que eu tanto escrevia.  Queria lembrar o que se passava na minha cabeça naquele tempo, mas não consigo.  Só me lembro da lousa, do quintal, do giz e da vontade enorme que tinha de escrever, escrever e escrever.

Este blog é uma homenagem à minha avó Luiza e meu avô Alcides, que me apresentavam à qualquer pessoa como “a minha neta escritora”.  Eles não moram mais na casinha verde.  Moram no meu coração, junto com todas as lembranças maravilhosas da minha infância.

Anúncios

18 comentários (+add yours?)

  1. Fabiola e Caio
    Out 08, 2010 @ 03:15:07

    Lê, amei o blog… toda sorte do mundo pq vc merece.
    Beijos nos meninos.

    Responder

  2. Flávia
    Out 08, 2010 @ 10:01:25

    Oi Lê, parabéns pelo blog. Amei a idéia e já adorei os textos. Parabéns também pela homenagem aos seus avós e as boas lembranças que eles deixaram na sua vida! Tive o privilégio de conhecê-los e principalmente o privilégio de conhecer esse quintal! Saudades dessa época!!
    Beijos da amiga Flá

    Responder

    • alousadoquintaldaminhavo
      Out 08, 2010 @ 18:29:45

      Flá! É tão bom saber que você esteve lá e sabe do que estou falando! Assim como o quintal, você é parte muito importante da minha vida, amiga querida (mais que o quintal, tá?)! Obrigada por tudo e pela sua amizade fiel e presente de tantos e tantos anos…uns 25 anos? Ave! Amo você!
      Beijos!

      Responder

  3. Célia Duarte
    Out 08, 2010 @ 10:04:53

    Lê, chorei quando acabei de ler este texto porque lembrei da minha infância ….cheguei há dois meses de Portugal onde posso dizer que, tenho as melhores lembranças da minha infância….”os melhores dias da minha vida”, todos eles lá….em “Tráz os Montes”, numa Aldeia chamada Quintela, na casa da minha “vozinha” onde passava minhas férias de dois em dois anos: toda em pedra, com a data marcada na porta de 1804, chão de táboa, fogão à lenha, um grande baú de madeira no canto da sala …. e aquele cheiro maravilhoso tão próprio que até hoje eu não esqueço, um lugar extramente simples e riquíssimo. O mais difícil do que entrar nela depois de 20 anos (eu não párava de chorar de saudades da minha avó), foi ter que deixá-la sem saber quando exatamente irei retornar ! O gratificante foi conseguir passar um pouco dessa minha infância e desses “melhores dias da minha vida” ao Erick.
    Beijos,
    Célia

    Responder

    • alousadoquintaldaminhavo
      Out 08, 2010 @ 18:34:46

      Oi querida, que linda a sua mensagem! Me emocionou muito! Não sabia que vocês tinham ido à Portugal e levado o Erick! Que máximo poder mostrar para ele a sua história e os lugares que fizeram parte da sua infância! Imagino como você deve ter se sentido voltando à casa da sua avó…deve ser um lugar mágico! Precisamos nos encontrar para você me contar com todos os detalhes. Saudades e beijos, Lê.

      Responder

  4. Luciana
    Out 08, 2010 @ 18:18:54

    Le,
    tudo muito emocionante!
    O blog esta demais!
    Sucesso e Sorte sempre!!
    Amei tudo!
    Bjao
    Lu e family!

    Responder


  5. Out 11, 2010 @ 09:33:47

    Lê,
    Hoje comecei lendo o post da campanha da Disney e os comerciais amoleceram meu coração, em seguida, li este da lousa e o quintal da sua avó e terminei me esforçando para não deixar as lágrimas escaparem… (que vexame chorar no trabalho, em frente ao computador!!!) Boas lembranças dos seus avós: das piadas do seu avô e do carinho que transbordava das mãos e dos olhos da sua avó. Como disse a Flá, foi mesmo um privilégio tê-los conhecido, e ainda, a casa deles e este mesmo quintal. Beijos!

    Responder

  6. Ingrid Luiggi
    Out 12, 2010 @ 20:07:14

    Estou morrendo de chorar lendo seu blog… perdi meu avô faz pouquinho tempo (um pouco mais de um mês) e sei bem o que essas lembranças de infância influenciaram nossas vidas! Feliz que você, assim como eu, tenha boas lembranças de pessoas tao queridas que sao sempre os avós!
    Continue escrevendo que vou te acompanhar por aqui!!!
    Sua lousa ainda tem muita coisa para ser escrita…
    Beijo querida!

    Responder

    • alousadoquintaldaminhavo
      Out 14, 2010 @ 01:24:12

      Oi queridona! Que saudade de você e da sua alegria! Sinto muito pelo seu avô, realmente os avós são pessoas essenciais na nossa vida. Sempre digo que todo mundo tinha que ter um avô e uma avó pelo menos durante toda a infância. Tinha que ser obrigatório para que todo mundo pudesse ter lembranças doces e felizes quando adulto. Infelizmente um dia eles vão embora, mas temos o privilégio de ficar com todas as lembranças boas dos momentos vividos com eles.
      Obrigada por compartilhar comigo a sua emoção. Muitos beijos com carinho, Lê.

      Responder

  7. Adri
    Out 13, 2010 @ 16:13:53

    Lele!!!!!!!! Chooooooorei!
    Amiga, que lindo. Viajei para a casa da sua vó , agora e aqui. Te vi na lousa. Brinquei no quintal até! Vc escreve com o coração. Sua emoção é a minha. Que bom que nossas vidas se cruzaram de novo na mesma estrada. Que bom ter vc como minha amiga. Obrigada. Vc é uma das poucas. Mas verdadeira e presente. bjão. Amo vc!
    Dri

    Responder

    • alousadoquintaldaminhavo
      Out 14, 2010 @ 12:42:58

      Dri, apesar de você ter entrado na minha vida depois destas minhas lembranças de infância, você sabe que nossa amizade é de toda vida e que nossos caminhos sempre vão se cruzar. Tenho certeza de que você sempre estará do meu lado e que sempre vai entender tudo o que se passa no meu coração. Obrigada por tudo e pela sua amizade incondicional, querida! Amo você e a Mari! Beijos!

      Responder

  8. Mari
    Out 16, 2010 @ 19:45:37

    Lê, temos uma Luiza em nossa vida inspirada na sua avó tão querida e meu Pedro está c/ você, né!! Amei seu blog, Parabéns……… Beijos. Mari

    Responder

  9. Ellen
    Out 17, 2010 @ 01:02:08

    Concu,
    realmente mais um motivo de orgulho de ter vc como minha amiga-irma!
    Me sinto privilegiada pois pude desfrutar de muuuitas ferias neste agora famoso Quintal! Alem disso, pude viver inesqueciveis momentos com seus adoraveis avos!
    Quanta queimada jogamos, quantas brincadeiras, quanto enchemos a Lu (sorry! Lu), quantas broncas tomamos da Mauroca, quantas fantasias de Carnaval (de paquitas a punks!)….so boas lembrancas!!
    Obrigada por deixar a minha vida mais feliz e ter vc sempre por perto!
    beijo enorme
    Ellen

    Responder

    • alousadoquintaldaminhavo
      Out 29, 2010 @ 02:28:48

      Concu, amiga, irmã, dina, titita…
      Não existe na minha vida um momento feliz, importante ou difícil que você não estivesse presente. Não é incrível? É a nossa sina, somos irmãs por opção e ainda demos um jeitinho dos nossos filhos terem o mesmo sangue! Obrigada por toda a alegria, inteligência e amor que você sempre acrescentou na minha vida e de toda a minha família, desde os meus avós até os meus filhos. Te amo! Beijos!

      Responder


  10. Out 17, 2010 @ 12:19:49

    Lezinha,
    Só consegui parar pra ler seu blog com calma agora. Estou encantada!!!
    Não preciso dizer que as lágrimas estão escorrendo enquanto escrevo este singelo comentário, né?!
    Eu sempre soube que você era muito sensível, mas não sabia dessa sua capacidade de expressar essa sensibilidade em palavras.
    Parabéns!!! Estou muito orgulhosa da minha amiga querida que mora no meu coração!!! E muito feliz porque assim posso ficar um pouquinho mais perto de você!
    Te amo!
    Beijos

    Responder

    • alousadoquintaldaminhavo
      Out 29, 2010 @ 02:13:44

      Fá querida! Com ou sem blog estaremos SEMPRE perto uma da outra, pode ter certeza. Minha amiga querida, já vivemos tantas coisas juntas, que muitas vezes nem precisamos de palavras para explicar o que estamos pensando ou sentindo, né? Amo você! Beijos.

      Responder

  11. Fernanda Chade
    Mar 07, 2012 @ 17:56:55

    Querida Lê, hoje a Gabi e o João me perguntaram: mãe, o que é um blog??? Sabe como apresentei pra eles??? Vim direto para a Lousa do quintal da sua avó! E eles amaram! Um super beijo e saudades! Fê Chade.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: