Elogio ou ofensa?

Hoje fui chamada de eufemista.  Já ouvi pessoas dizendo que sou apaziguadora, suave, low profile, doce, boazinha e até enroladora, mas eufemista nunca!  Não sei se devo considerar como um elogio ou uma ofensa, mas como veio de uma amiga querida, acredito que esteja mais para uma qualidade mesmo…um adjetivo esquisito e bem intelectual, mas quer saber?  Cabe perfeitamente em mim.

Pensando bem, vivo tentando atenuar más notícias, suavizar broncas, disfarçar problemas.  Como dizem por aí, tapar o sol com a peneira ou colocar panos quentes em vez de dizer na lata, sem anestesia e com o pé no peito.

Não tenho o costume de exercitar os exemplos clássicos do Eufemismo, como trocar “morrer” por “passar desta pra melhor” ou dizer que alguém “faltou com a verdade” ao invés de “mentiu”.  Mas realmente costumo fazer umas firulas e dar algumas voltas no assunto na tentativa de evitar mensagens e conversas rudes, grosseiras ou desagradáveis.  Pode ser uma forma de defesa, de auto-proteção, uma tentativa de reduzir conflitos, mas sei que por trás desta prática há uma boa intenção.  Esta é a minha forma de lidar com situações difíceis e de me poupar (e também poupar outras pessoas) de embates e constrangimentos.

A partir deste episódio comecei a me lembrar de outras figuras de linguagem e a analisar se corro o risco de ser chamada algum dia de metafórica, onomatopéica ou quem sabe pleonástica (isso não por favor, pleonasmo é muito feio!).  E então me lembrei de uma das características mais evidentes da minha linguagem: o uso de Hipérboles –  estou sempre morrendo de sono ou com uma fome insuportável.  Sou louca pelos meus filhos e posso morrer de saudades a qualquer momento.  Já falei mil vezes a mesma coisa e estou há séculos esperando uma resposta! 

Assim como em determinadas situações sinto necessidade de minimizar o peso de uma informação, em outras – e com mais frequência – uso o exagero para dar ainda mais ênfase a sentimentos e ideias. 

Descobri que sou essencialmente eufemista e hiperbólica.  Opa, mas isso não é um Paradoxo?  😉

Advertisements

1 Comentário (+add yours?)

  1. Ge
    Mar 30, 2011 @ 10:56:27

    Você é um paradoxo “hiperbolicamente” divertido!!! KKKKKKK!

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: